6 notas
Reblog
Sui Caedere

dano,
desgraça,
perdição,
ruína
chamas
faíscas
incêndio…

Dos olhares o teu foste o melhor e o pior também.Nocaute.

Você joga seus olhos cor de ouro e brasa sobre a minha pele,e eu grito (de prazer),talvez a minha salvação esteja ali,falo dos confins do inferno que se esconde em tuas retinas.Eu desejo entregar-me ao fogo de teus olhos e queimar todo amor que tenho,porque eu já não suporto mais cheirar a pólvora.

Nota:
Suicídio,Etm. do latim: “sui caedere”: Ato que consiste em pôr fim intencionalmente à própria vida.

4 notas
Reblog

Eu não espero de ti Julio ..
algo que nos falte o ar,
que arranque a pele
ou arranhe alma.

Eu não espero de ti Julio ..
juramentos e promessas
que nos una até a eternidade.

Eu não espero de ti Julio ..
olhares proseados,
rosas,
beijos roubados
ou declarações de amor.

Eu não espero de ti Julio..
cura e salvação
para as urgências 
que trago

Ama-me do jeito que quiseres
que eu esquecerei todas as outras coisas
e te amarei como se depois fosse antes..

9 notas
Reblog
Ao que se reduz em cinzas e fumaça

Em nosso amor,
o desfecho..
teu corpo tens achado.
Nossa cobiça vai além do incêndio,
Tu almeja ganhar a morte no ardor que inflama,
Eu imploro perder a vida na sutileza dessa chama.
Rodopiamos ao som da queima.
No fim do fim,
Eu me acabo nas flamas,consumida
E tu morres violentado ao fogo que tanto amas.

8 notas
Reblog
À você:

Eu sou a dona de um amor caduco,

quando você acredita que estou lucida,

a loucura corre por mim,

e lamento teus olhos desatentos.

Você enxerga a minha insanidade em querer-te?

A luz de minhas lâmpadas te cegam? 

Olha-me nos olhos,percorre dentro de mim.
que eu te prometo Julio,
eu não irei embora como você se foi.

10 notas
Reblog
Ensaio sobre a teoria do octeto e a loucura da estabilidade.

Quando estamos juntos
Corre dos teus olhos para os meus
feixes de átomos desprendidos

minha boca é ânion negativo que implora
pelo cátion positivo dos teus beijos que concedem

Durante a troca de nossas salivas
nossas eletrosferas se tornam estáveis
e eu me dissolvo na ternura dos teus lábios…

seria o amor que sinto por ti insolúvel?

29 notas
Reblog

Meu coração
Fendas
Ebulições
Sarcasmo
zombaria penosa
tua partida.
Eu me embebedo 
de toda a tristeza dos teus olhos,
até que tuas veias
não sejam nem vermelhas ou azuis.

Moscas ameaçam fugir pela vidraça
Teu corpo ameaça fujir da minha cama 
minhas lágrimas não foram capazes de apagar 
o fogo dos teus olhos.

Eu me envolvo de ti antes que vá,
Assim como as partículas de gelo no céu
se nomeiam nuvem 
eu me nomeio passáro
Não vê que meus olhos não cansam de fazer vôos?
Não te disseram.

82 notas
Reblog
Sobre 29 páginas e o desejo de partir.

ele me deixou numa quinta feira,
exatamente as 09:16
meus olhos imploravam
por mais uma página e alguns segundos
Meus lábios imploravam sentir
teus beijos para conter-me
Longe de ti no intervalo entre um e outro silêncio,
imploro pelo desperdício das tuas palavras
porque eu sofro desde as 08:00.

24 notas
Reblog
Raimundo Julio Paulino Neto ,

Sinto falta dos teus cílios.
Ou das tuas olheiras.
Nunca me perguntei porque seus olhos.
Mas gosto de tuas retinas,
Talvez porque miravam meu corpo adentro
E eu só queria me dar a você assim … avessada.

6 notas
Reblog
Teus olhos cuidadosamente bordados me tocam.

Antes de ir, esqueça-os em mim.
Porque eu amo tuas retinas,
Eu amo até tuas mãos.

Amo os teus dedos cor fogo
que percorrem sobre minha pele
sem receio,
sem pudor.

Amo a calmaria dos teus lábios,
os mesmos que me socorrem,
os mesmos que escutam meu apelo,
os mesmos que carregam minhas urgências.

Amo esse teu pau que penetra em mim gostoso.
Amo sua voz
Amo as tuas cicatrizes
Amo a maneira que tuas veias explodem.

Deves me achar louca,
mas eu acho até bonito o ar que você solta
quando chora.

18 notas
Reblog
Para que se foda com amor.
É necessário ter o queixo
Entre as coxas
Para que os grandes lábios
Possam falar a mesma língua da boca.
7 notas
Reblog
Teus olhos emitem luz própria.

Dois astros,dois objetos celestes,duas estrelas
não percebe que eu peço luz para enxergar?

Meus telescópios apontam pro teu rosto
um rasgo de luz penetra e percorre do teu corpo para o meu
suspiro
Vejo a lua com buracos negros que não aspiram,
mas que soltam.
corpos fora de órbita
planetas desnecessários
os meteoros fogem
Estalos
por quase muito pouco eu arrebento,
ainda não
fico mais um pouco e enxergo tuas claridades
que me amam e me namoram.

277 notas
Reblog
Por esses amores que ateiam fogo no meu corpo sem a pretensão de me deixar queimar.

Ele sentou-se na calçada,
com olhos voando para longe,
jogando fogo e gasolina dentro de mim.
A chama já queimava
em todos os espaços cabíveis
e não cabíveis que existe em alguém.
Eu gritei por minutos,
minha súplica fora baixa,
não podia ser aclamada.
Depois eu ri,
ri tão alto que a vizinhança inteira
poderia acordar e rir comigo.
Porque a insanidade era só uma parte da combustão.

11 notas
Reblog
Pelo apelo que os teus lábios fizeram aos meus.

E me torno despida de dentro para fora nos teus braços,
que me enlaçam como se eu fosse presente,e tu o embrulho.
Tal embrulho que se desfaz ao me ver gritando de prazer.
mas tu, me olhas…
Essa é tua forma de gemer,pelos olhos.
Os mesmos olhos que começam a sorrir,
quando eu danço ao som da tua respiração
que se torna ofegante
quando eu subo e desço gostoso.

Amor,nós afogamos e o profundo é aqui.

394 notas
Reblog
Talvez meus olhos fossem minha navalha:

Ergui meu rosto em desafio
e as lâminas de minha sombra afiada me rasgavam
Eu odiava ficar parada na frente de um espelho
Há momentos em que ele grita
querendo refletir outra pessoa.

NEXT »
THEME ©